9 de setembro de 2009

Especialidades de Praga!!

Como havia dito na postagem anterior hoje começo a escrever sobre as comidas que tive oportunidade de experimentar em Praga, ou seja, hoje vocês saberão por que tenho apelido de incinerador hehehehe!

Uma das atrações gastronômicas de Praga são suas comidas de rua, onde podemos encontrar diversas barraquinhas vendendo comidas. Encontrei comida judaica, pizza frita (que terá uma postagem especial para esta iguaria), churrasco de porco e as famosas lingüiças. Nunca imaginei encontrar tantas variedades de lingüiça em Praga, pois sabia que tinha, mas não com tantas opções, realmente foi uma verdadeira surpresa. No supermercado existe um balcão enorme com um açougueiro só para servir as mais diversas formas deste embutido, é incrível a quantidade que tive a oportunidade de ver.

O consumo das lingüiças e das salsichas se dá a qualquer hora. Eu e Marina saíamos cedo para caminhar por volta das 9h30min já estávamos passeando, foi quando observamos que havia um tumulto de pessoas, chegamos perto e para nossa surpresa era uma barraquinha de cachorro quente, na qual os Tchecos estavam comendo àquela hora, virei pra Marina e disse: Meus Mestres!!!!!!!! Ficamos impressionados com o consumo de lingüiça e salsicha que se come por lá. Mas não é muito difícil saber por que se consome tanto embutido, realmente eles são especialistas no assunto.

Comecei light minhas aventuras com os cachorros quentes Tchecos, mesmo sabendo e confiando em meu potencial, comi um que tinha uma lingüiça mais leve, pouca pimenta, pouco alho. As lingüiças são assadas em uma churrasqueira e o fogo é feito com lenha, dando um saboroso ar defumado a estas lingüiças. O pão fica ao lado deste fogo somente pegando o calor, por conseqüência fica crocante e com gostinho de churrasco.

Imaginem um pão que parecia uma baguete com aproximadamente 20 cm e uma lingüiça maior ainda que saía pelas laterais do pão. Mas como não posso negar a fama, parti para o sacrifício sem medo de ser feliz, nossa uma delícia de dar água na boca só de lembrar huuuuuummmmm! Um componente obrigatório para estes cachorros quentes são as mostradas escuras, muito saborosa e nada picante, uma união perfeita de sabor.

Como havia iniciado com um cachorro light, resolvi no outro dia pegar mais pesado, em outro tipo de barraquinha que existe em Praga, uma espécie de quiosque muito limpo como todos as outras, diga se de passagem, resolvi experimentar uma versão mais local dos cachorros quentes. Vocês devem estar com medo, não é? E devem mesmo, pois realmente peguei pesado! Nestes quiosques existe uma variedade muito maior de lingüiça e salsicha do que as barraquinhas onde comi o primeiro cachorro. Aqui as lingüiças são feitas na chapa e não na brasa. Parti para o ataque sem medo e sem piedade, sabiam quais seriam as conseqüências, mas para quem é acostumado comer na saída do jogo de futebol encara qualquer coisa. Havia uma espécie de buffet de lingüiças de todos os tamanhos e tipos.

Pedi a lingüiça mais cara, com um aspecto escuro, lembrava uma morcela preta, sem imaginar o que viria pela frente. Pedi para colocar mostarda, a moça que me atendia já estava me entregando quando pedi os complementos, ela me olhou com um ar de descrédito, mas eu banquei! Quero as cebolas e o chucrute, nossa quase fui aplaudido em pleno calçadão da avenida mais movimentada de Praga!! Como um turista encara uma iguaria típica Tcheca e ainda com nossos preciosos elementos distintivos, deve ter pensado a vendedora. Imagino que isso seja uma barreira entre turistas e locais, mas ela não tinha a menor idéia que eu era o Marido Sanduíche, o homem destemido. A primeira mordida senti uma espécie de calor e calafrio em todo o corpo, comecei a suar na testa, acho que foi nesta hora que rolou a primeira lágrima. A lingüiça era feita, acredito eu, de pimenta e alho, com um leve toque de porco, mais bem no fundo, pois minhas papilas degustativas queimaram na hora de distinguir se havia porco mesmo hehehehe.

Tirando a brincadeira era uma combinação perfeita dos ingredientes, realmente uma delícia, um sabor incrível. Há não posso esquecer, na noite deste dia, houve um clarão muito forte na cidade que iluminou toda Praga! O que deve ter acontecido? Hehehehehe.

Uma ótima quarta-feira!

2 comentários:

Marina disse...

Nardo
Coisa boa esse pão com linguiça!!! Vamos comer mais!!! Mas não precisa ser completo, né? Hehehehehe
Te amo até comendo chucrute!

ana luiza disse...

Olá! Irei a Praga em agosto e gostaria de saber a média de preços das comidas, como almoço e jantar, lugares bem baratos, etc. As linguiças te deram alguma infecção intestinal???Outra coisa, você foi em que mÊs? Estava frio quando você foi? Estou com medo que esteja frio em agosto!

Abraço, até!