27 de janeiro de 2010

A saga da lentilha

A receita que vou apresentar hoje é cheia de controvérsias, pois muitos gostam outros nem tanto, alguns odeiam, e claro a maioria só come no ano novo pra dar sorte. A lentilha exerce uma verdadeira relação de amor e ódio. Particularmente adoro lentilha e estava morrendo de saudade de comer este prato, já que em Lisboa nunca encontrei, isso que procurei muito.

No último reveillon fui em busca de um mísero saquinho de lentilhas, revirei Lisboa do avesso. No dia 31 de dezembro, como bom brasileiro, fui ao supermercado comprar lentilhas. Para minha surpresa não encontrei na gôndola de grãos. Procurei um funcionário e perguntei onde estavam às lentilhas, o rapaz muito educadamente me respondeu que não conhecia, achei estranho, mas tudo bem, lá fui eu para outro supermercado.

Quando cheguei ao outro supermercado novamente me dirigi a gôndola de grão e para minha surpresa novamente não encontrei as lentilhas. Nossa, estava com uma leve desconfiança que não encontraria, mas persistente e supersticioso, rumei para um outro supermercado.

Chegando lá, no terceiro supermercado, já sei o que vão falar: Mas você é persistente! Nossa, fico feliz com o elogio. Mas na verdade vocês estão pensando: Isso não é persistência, mas sim maluquice! É confesso que realmente foi maluquice e deveria ter desistido, mas não desisti porque era dia 31 de dezembro e os supermercados estavam abarrotados de gente, disputando cada palmo de chão do supermercado, ou porque chovia cântaros e eu me molhei todo no deslocamento. Mas deveria ter notado que não existe lentilha em Lisboa. É não encontrei as lentilhas! Acho que terei azar por um ano.

Bem fiquei com muita vontade de comer lentilha depois dessa busca frustrada. Então quando cheguei ao Brasil e fui fazer as compras adivinhem onde fui em primeiro lugar? Claro no açougue, pois a fissura de carne era maior. Mas depois fui direto a gôndola de grãos e lá estava ela verdinha, tão pequenininha, a ouvi dizendo, me leva! E então, pequei o saquinho e finalmente comprei minha lentilha. Agora apresento a receita.


Ingredientes:

1 pacote de lentilha 500g
1 litro de água
3 cenouras pequenas
2 batatas doces
1 lingüiça de boa qualidade
3 dentes de alho
1 cebola picada
2 colheres de azeite
Sal
Pimenta do reino

Modo de preparo:

Em uma panela, coloque a lentilha na água. Leve ao fogo baixo e cozinhe com a panela semi-tampada por 15 minutos. Em quando isso descasque as cenouras e as batatas doces e corte em cubos e coloque na panela junto com as lentilhas. Depois corte a lingüiça em rodelas e frite em azeite, acrescente a cebola picada e os alhos picados e refogue tudo. Junte ao refogado uma concha da lentilha e deixe engrossar. Após o refogado pronto misture tudo na lentilha e deixe encorpar. Salgue a gosto e coloque a pimenta do reino a gosto também.

Fica ótimo acompanhar com uma boa farofa e com arroz branco. Aproveite e não espere pelo reveillon!

Um grande abraço do Marido Sanduíche.




11 comentários:

Lukz disse...

hmm parece estar uma delícia! ;p
seu blog é muito massa! hehe

passa lá no meu tb :p
http://lukzonfire.blogspot.com/

Lenivaldo Silva disse...

Opa...
Marido sanduiche.
gostei muito do nome do blog.Acho legal quem sabe cozinhar,mas eu não tenho muito sucesso com isso.
Mas gosto de fazer sobremesa.
Vou te add nos meus favoritos.
A gente sempre precisa de algo novo em casa quando vem visita né?
Um abração

BLOGDOLENIVALDO.BLOGSPOT.COM

30 e poucos anos. disse...

Não curto muito não e só como no ano novo

ibere disse...

Eu gosto muito de cozinhar tambem, embora nao tenha tido tanta oportunidade ultimamente... aqui no Brasil, acaba ficando caro o hobby da gastronomia, uma vez qeu um prato diversificado exige varios ingredientes e convenhamos , comer bem é caro aqui ! infelizmente a massa acaba so comendo massa mesmo, desculpe pelo trocadilho!
sobre a receita, adoro lentilha, groa de bico, feijao branco, talvez influencia de minha familia ou de viagens que tenho feito pelo mundo afora. realemnte para se apreciar uma nova cultura ( seja ela gastronomica ou outra...) é importante ir desprovido de preconceitos... vou acompanhando seu blog e na medida do possivel farei algumas receitas e darei o retorno sobre o funcionamento delas, parabens
Ibere

Luana'Millqueo disse...

Adoreii a receita.. Minha mãe sempre faz lentilhas mais naum soh no final do ano pq gostamos muito desses deliciosos grãos!

Guilherme Lombardi disse...

esse post me deu fome

Glenda Dimuro disse...

Linguiça de boa qualidade foi ótimo!

Anônimo disse...

Fabuloso, senti até o cheiro desse prato maravilhoso.
Acho que temos que lançar uma campanha, Marido Sanduiche ensina o Anonimus Gourmet a cozinhar!
Um Abraço!

Paty disse...

nossa, parece uma delícia! vou tentar fazer, pois nunca fiz lentilha, no Ano Novo sempre dependo da lentilha alheia. vou seguir vc.

Gutt e Ariane disse...

É Leonardo, que epopéia gastronômica pelas ruas de Lisboa hein.. porém, muito estranho! Incrível que não tenha encontrado sequer um mísero saquinho com os preciosos grãos! rsrs

Cá em casa pois, é mesmo tradição isso no dia 31/12... se funciona ou não, tenho lá minhas dúvidas, mas sempre acabo fazendo essa iguaria!
Pressuposto que, agora que vi essa receita que vc apresenta, o 31/12/10 terá um gostinho diferente! ; )

Alexandre Terra disse...

mt bom, eu odeio lentilha, mas como em toda passagem de ano por tradição e por crendice......mt bom o seu blog!

http://alexandreterra.blogspot.com/